segunda-feira, 13 de maio de 2013

Animais Que Anunciam a Morte




São animais capazes de prever a morte? Existem espécies que trazem má sorte? Muitas lendas urbanas envolvendo eventos trágicos, relatam animais como presságios de morte.

Corujas


Se uma coruja está pairando em torno de janelas ou pousou no telhado de uma casa, seus gritos anunciam em breve a morte de uma pessoa.

Coerente com isso, uma antiga lenda mexicana diz que "quando a coruja canta, o índio morre". Então, talvez relacionado a isso, é o fato de que, quando padres espanhóis chegaram na América Latina, difundiram a crença de que as corujas eram criaturas do mal, animais usados por demônios e bruxas e nos conciliábulos utilizados na noite escura. Esta lenda foi profundamente enraizada no imaginário popular, de geração em geração até aos nossos dias, após o que é relativamente comum para as pessoas, quando você vê uma coruja perto de sua casa insulte-a, ou grite para assustá-la.

Borboletas Pretas

Em muitas culturas politeístas (vários deuses) dos tempos antigos, acreditava-se que as borboletas pretas por causa de sua cor e condição dos animais que se alimentam à noite, estavam associadas com bruxas ou deuses do mal e foram usados ​​por eles para feitiços ou vingança.

Devido em grande parte à crença anterior, não muito tempo atrás, havia pessoas que, quando viram uma dessas criaturas chegar a sua casa, interpretavam a visita  como um anúncio de morte iminente entre os membros da família.

Galinhas e galos

Em certos setores da tradição popular espanhola, acredita-se que o galo é sinistro. Assim, os estudos de José Miguel de Barandiarán sobre a cultura basca, ele escreve as seguintes superstições que existem nos seguintes locais:

Em Ziga, "o galo cantando no estranho é mau agouro e para destruir a sua eficácia jogue um punhado de sal para a lareira. Nenhuma indicação é só a morte, mas prenuncio qualquer outra calamidade. "

Em Dohozti " O canto do galo anuncia que algo desagradável está para acontecer no bairro, geralmente disse que um vizinho vai morrer."

Além disso, acredita-se também que alguém vai morrer quando você escuta uma galinha imitando o som de um galo. 

Morcegos

Se um morcego bate à noite, com suas asas nas janelas da sala em que um paciente se encontra, ela irá morrer naquela noite.

Também ira morrer um paciente no mesmo dia, se você ver uma coruja branca.

Cães

Se ouvir um cão uivando durante a noite, ou latindo para o nada, é porque ele tem visto um fantasma.

Além disso, uma crença popular diz que se um gravemente doente dá a sua comida para um cachorro e ele aceita isso, então ira viver, enquanto que, se ele a rejeita, ele vai morrer.

Gatos

Os gatos têm sido associados à morte por séculos. Entre os antigos egípcios o gato era sagrado, a ponto de muitas vezes ser mumificados gatos com camundongos, quando um gato morria entrava-se em luto, raspando as sobrancelhas. 

Mais tarde, na Idade Média milhares de gatos foram queimados, porque eles acreditavam que eram animais de estimação de bruxas, o que certamente poderia ser possível, mas que não fez o gato um "animal do mal".

Agora, além da crença, o gato realmente parece ter algum sentido. Portanto, acredita-se que quando um gato esta olhando fixo para um ponto, onde não há nada, é porque ele está vendo um fantasma ou talvez um demônio (se a sua reação é muito forte). Mas a coisa mais perturbadora é a capacidade de prever a morte, e um exemplo disso é o gato Oscar , que era geralmente tímido, mas quando um paciente vai morrer, Oscar permanece junto ao paciente em enfermo.

Mitos argentino

Na Patagônia todos temem o canto do bacurau (um pequeno pássaro cinza) que abundam no sopé da Cordilheira dos Andes. Porque algumas lendas dizem que seu grito anuncia doença ou morte de qualquer morador.

Por todas as contas, a melodia do pássaro Chingolo Sad (ave comum pequeno, cinza e branco) é a voz de uma pessoa que perdeu uma aposta feita com o diabo, e como castigo permanece vagando para sempre, lamentando a dor do fracasso.

Cavalos

Quando um cavalo coloca seus olhos negros sobre uma pessoa em um cortejo fúnebre, ele está anunciando a iminente morte dessa pessoa.

Falcão

Havia uma superstição entre os antigos babilônios: quando um médico estava indo para uma casa para ver um paciente, se ele viu um falcão no céu do lado esquerdo, isso significava que o paciente que ele estava visitando iria morrer. O mesmo era verdade se passado um vaga-lume brilhando acima do paciente, da direita para a esquerda.

Cobras

Diz a lenda que se uma cobra aparece em um túmulo, é um sinal de que o falecido tenha vendido sua alma ao Diabo. 

Sera que isso é verdade? Cabe a você responder
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário